O casal Clemira O. Souza (MsC, Educadora) e Vitor O. Becker (PhD, Entomólogo) sonhava em proteger a Mata Atlântica brasileira. Entre 1997 e 2001, adquiriram cerca de 1.200 hectares de antigas fazendas de cacau na Serra Bonita, em Camacan, Sul da Bahia, para criar a Reserva Privada do Patrimônio Natural (RPPN) Serra Bonita.

Em 2001, para estabelecer parcerias com indivíduos e organizações no sentido de assegurar a sustentabilidade a longo prazo da Reserva Serra Bonita, fundaram o Instituto Uiraçu, uma associação sem fins lucrativos, com a missão de "proteger, preservar, conservar e recuperar ecossistemas da Mata Atlântica, de acordo com uma ética universal ecocêntrica".

Com doações obtidas, foi possível expandir a área protegida e criar novas Reservas, cujo proprietário e gestor é o Instituto Uiraçu. A área total protegida, somando as de propriedade do Instituto à do casal, conta atualmente com 2.500 ha.

Em seus 15 anos de existência, o Instituto Uiraçu alcançou importantes resultados em Pesquisa Científica, Educação Ambiental e serviço comunitário, com o apoio de organizações parceiras, voluntários e associados, e está sempre em busca de parcerias e oportunidades para conhecer, proteger e assegurar a sustentabilidade de todas as áreas protegidas da Serra Bonita, a longo prazo.

Além de participarem ativamente do Instituto Uiraçu, Clemira e Vitor cuidam da recepção aos visitantes que vem hospedar-se e apreciar os encantos da Reserva Serra Bonita, que conta com um Centro de Pesquisas, um Alojamento para estudantes, uma Pousada, várias trilhas e um mirante com vista de 360 graus de toda a região. O Centro de Pesquisas abriga a Coleção Becker de Lepidoptera, de propriedade e sob curadoria de Vitor, e uma referência internacional em sua especialidade.